Blog Copagaz
24 de janeiro de 2018
Categoria:
Comentários (0)

Sustentabilidade é um exercício diário na Copagaz

A Copagaz entende que suas atividades precisam ter em conta aspectos sociais, ambientais e econômicos. Não é à toa que a área de sustentabilidade vem se fortalecendo ano a ano, com reconhecimento fora da empresa. Em 2017, por exemplo, a companhia foi destaque pelo terceiro ano consecutivo entre empresas do setor de varejo no Guia Exame de Sustentabilidade. O reconhecimento externo, no entanto, é apenas reflexo de um trabalho constante que vem sendo desenvolvido pelo Comitê de Sustentabilidade sob o comando de Elizete Neto Tavares Paes.

A cada quinzena o comitê reúne-se para debater as novas ações e avaliar o desempenho das iniciativas já existentes. Os subcomitês das filiais auxiliam nesse processo e fornecem as informações por um sistema chamado SIS, que facilitou o compartilhamento de dados. Com isso, a empresa ganhou agilidade para a tomada das decisões no dia a dia e organizou o levantamento das informações para o relatório de sustentabilidade, publicação anual que a Copagaz, como signatária do Pacto Global lança no mês de maio. A publicação segue a orientação da Global Reporter Initiative (GRI), organização independente internacional que auxilia empresas públicas e privadas a entender e comunicar o impacto de suas atividades no âmbito da sustentabilidade. O relatório de sustentabilidade da Copagaz também tem certificação externa da BDO.

Sustentabilidade em vários aspectos

As ações contempladas pela área de sustentabilidade da Copagaz são variadas e têm como objetivo trazer impactos positivos para a vida dos colaboradores, das comunidades com as quais a empresa se relaciona e com o meio ambiente. Entre os destaques, estão o Programa de Bolsas de Estudos, que, segundo Elizete, é a “menina dos olhos” da empresa. O programa começou em 1999. O presidente da Copagaz, Ueze Zahran, queria eliminar o analfabetismo entre os colaboradores da empresa e desenvolveu um programa com professores que iam dar aulas dentro das unidades. Com o analfabetismo erradicado, o programa evoluiu para cursos de graduação, pós-graduação e idiomas. A educação é um pilar bastante importante dos programas de sustentabilidade da Copagaz. Uma das ações é o incentivo à leitura com bibliotecas em 10 unidades da companhia.

A infância é outro aspecto que recebe bastante atenção. A Copagaz, por meio de uma parceria com a Fundação Abrinq, participa do Programa Adotei um Sorriso, para o qual doa R$ 0,01 a cada botijão P-13 vendido, durante os meses de agosto, setembro, outubro e novembro.  Em parceria com a ONG Childhood, a empresa participa de um programa de combate à prostituição infantil nas rodovias brasileiras.

Antenada aos movimentos da sociedade, a empresa também desenvolve iniciativas de empoderamento feminino, sendo signatária da ONU Mulheres. O meio ambiente também recebe atenção constante, uma das ações é o inventário de emissões de Co², de acordo com o GHC Protocol, ferramenta utilizada para entender, quantificar e gerenciar emissões de gases do efeito estufa (GEE).

Desafio constante

“Continuidade do trabalho é o principal desafio. A sustentabilidade começa dentro da nossa casa, com controle de água, de energia, de alimentos, com a escolha de produtos que levam o selo Abrinq, por exemplo”, observa Elizete. “É preciso cuidarmos do que temos para que as gerações futuras possam viver melhor”.