Blog Copagaz
14 de setembro de 2018
Categoria:
Comentários (0)

Instalação de GLP em padarias é simples e segura

Quem está planejando modernizar a sua padaria ou confeitaria e implementar um sistema de Gás Liquefeito de Petróleo (GLP) para abastecimento a granel de seus equipamentos e fornos a gás pode ficar tranquilo. Afinal, o processo de instalação de GLP em padarias é simples, rápido, seguro e não compromete a operação do estabelecimento.

Além de orientar sobre a substituição dos fornos elétricos pelos fornos a gás, a Copagaz responsabiliza-se por todo o processo de instalação do GLP, da central de armazenagem do gás, passando pela rede de distribuição até a interligação dos pontos de consumo. Dependendo de seu consumo, todos os materiais e a mão de obra são por conta da companhia, e os botijões e/ou cilindros são cedidos em regime de comodato.

De acordo com Vicente Longatti, Gerente Nacional Comercial Empresarial da Copagaz, o sistema de GLP completo pode ser instalado no prazo máximo de 15 dias, contando os períodos de negociação, avaliação técnica e obras. “O empresário não precisa se preocupar com qualquer interferência na operação do estabelecimento ou na circulação dos clientes, pois realizamos todos os serviços nos horários mais adequado para ele e seu negócio”, ressalta.

Levantamento técnico

O primeiro passo é realizar um levantamento técnico. A equipe de especialistas da Copagaz avalia a planta da padaria, o espaço físico mais adequado para a instalação da central de GLP e as necessidades de consumo do estabelecimento. A partir daí é elaborado o projeto, já prevendo as adaptações e necessidades do local e seguindo as normas técnicas vigentes.

Entrega de materiais

Todos os materiais necessários para a instalação do GLP na padaria são enviados para a obra com dia e horário agendados: cilindros de gás, tubos e conexões, coletor com quadro regulagem de pressão, válvulas de abertura e fechamento rápido, flexíveis e material de interligação para os pontos de consumo.

Montagem, testes e finalização

Também com dia e horário agendados, uma equipe especializada da Copagaz segue para o estabelecimento para realizar as obras de montagem da central de GLP e fazer as ligações necessárias até aos equipamentos de consumo.

Na sequência, um teste de estanqueidade é realizado para a certificação de que tudo está perfeito e sem vazamento. Esse teste consiste na inserção de ar comprimido no sistema de gás para assegurar a ausência de vazamentos, proporcionando segurança ao cliente.

E, para finalizar, a liberação de gás é realizada e, sob a supervisão de nossos técnicos, todos os equipamentos são testados. Com tudo certo, o engenheiro emite a Anotação de Responsabilidade Técnica (ART) e os laudos técnicos, o projeto básico da central de GLP ou a Planta de Situação, que podem ser apresentados aos órgãos reguladores quando houver necessidade.

Orientação

Todas as pessoas que terão acesso à central de gás recebem orientações dos técnicos da Copagaz sobre como abrir e fechar as válvulas de abertura e fechamento do gás sempre que ele não estiver sendo utilizado ou quando houver alguma suspeita de vazamento. Em qualquer situação de dúvida, elas são orientadas a entrar em contato com a Central de Atendimento da Copagaz.

Assistência técnica

As padarias parceiras da Copagaz contam com equipes de assistência técnica corretiva disponíveis 24 horas, 365 dias do ano, que trabalham em horários alternativos, à noite e nos fins de semana, para prestar o melhor atendimento. Além disso, elas são beneficiadas por uma assistência preventiva anual pré-programada. Sem a necessidade de agendamento prévio, um técnico devidamente identificado visita o estabelecimento para verificar a integridade e o funcionamento das instalações. Garantia extra para o perfeito funcionamento do seu negócio!

Quer ter mais informações sobre a instalação de GLP em padarias? Entre em contato com nossa equipe de especialistas pelo 0800 707 2672 ou pelo nosso site.