Blog Copagaz
15 de outubro de 2019
Categoria:
Comentários (0)

GLP em hospitais: mais eficiência nos processos

O hospital é um organismo que simplesmente não para. Há inúmeras atividades que precisam ser executadas durante o dia e à noite para garantir o atendimento aos pacientes. Por isso, o uso de GLP em hospitais é essencial para permitir o funcionamento ininterrupto de diferentes setores dentro do ambiente hospitalar. Continue conosco e saiba mais!

Fonte energética versátil

A gente sempre ressalta aqui no blog que o GLP é uma fonte energética bastante eficiente, com um poder calorífico que dispara na frente tanto do gás natural quanto da energia elétrica. Não à toa, o popular “gás de cozinha” é aplicado em diferentes processos, em diferentes setores da economia, o que confere a ele uma incrível versatilidade.

No ambiente hospitalar, por exemplo, o GLP pode ser utilizado não apenas na cocção dos alimentos de pacientes e colaboradores, mas também na lavagem e secagem de roupas, no aquecimento da água dos banheiros, na climatização de ambientes e até mesmo na esterilização de instrumentos cirúrgicos e equipamentos, bem como em laboratórios (bicos de Bunsen), lanchonetes e cafés.

Lavanderia mais eficiente

Uma área altamente beneficiada pelo uso de GLP em hospitais é a lavanderia, onde as atividades praticamente não param. O setor segue um sistema rigoroso de lavagem e secagem de vestimentas e roupas de cama e banho e esterilização para garantir as perfeitas condições de higienização e conservação das peças.

Assim, os processos de lavagem e secagem de roupas – envolvam água quente ou simplesmente vapor – passam a ter um desempenho muito superior quando o GLP entra em cena.

Hoje, no mercado, existem opções de lavadoras, secadoras e calandras (máquinas de passar roupas) movidas a gás LP, muito mais eficientes, econômicas e sustentáveis, que consomem até cinco vezes menos energia e três vezes menos água que os modelos tradicionais.

Para você ter uma ideia, um hospital de Sergipe decidiu abolir o uso de caldeiras movidas a diesel e apostar na conversão do sistema das secadoras de roupas para GLP. A medida, além de gerar uma economia mensal nos custos totais da lavanderia da instituição com insumos e manutenção, resultou na redução de 40% no tempo de secagem das roupas.

Processo de instalação

De acordo com Vicente Longatti, Gerente Nacional Comercial Empresarial da Copagaz, em geral, o processo de instalação da central de armazenamento de GLP é igual ao de qualquer outro estabelecimento comercial, já que segue as mesmas normas técnicas. O que muda é a quantidade e o tamanho dos tanques, e isso varia de acordo com a área disponível.

“Os hospitais, por trabalharem 24 horas, 365 dias por anos, tem no GLP sua melhor opção, graças à sua capacidade de estocagem com segurança, ao contrário do GN que não dispõe da mesma possibilidade e pode gerar riscos de desabastecimento”, ressalta Longatti.

Na medida certa

Você tem um hospital-dia? Uma unidade especializada? Ou um centro de multiespecialidades? Seja qual for o tamanho do seu hospital, a Copagaz tem o GLP na medida certa para atender a sua demanda: cilindros estacionários de 190, 500, 1.000, 2.000 e até 4.000 kg abastecidos a granel no local.

Quer saber mais sobre as vantagens do GLP em hospitais ou o que é preciso para instalar uma Central de GLP? Fale com os nossos especialistas pelo 0800 707 2672 ou pela Central de Atendimento.