Blog Copagaz
15 de julho de 2019
Categoria:
Comentários (0)

GLP é coringa no aquecimento de água e ambientes

O Gás Liquefeito de Petróleo (GLP) é a estrela da cozinha de milhares de lares brasileiros – como o gás mais eficiente e econômico utilizado em fornos e fogões. Não é à toa que ele é popularmente conhecido como “gás de cozinha”, não é mesmo? Mas você sabia que ele também faz bonito em outras áreas da casa? Isso mesmo! No post de hoje, vamos mostrar como esse combustível é versátil, abordando o uso do GLP no aquecimento de água e ambientes. Vamos lá?

Água quente em chuveiros e torneiras

Tem coisa melhor do que chegar em casa depois de um longo dia de trabalho e relaxar debaixo de um banho bem quentinho? E que tal lavar aquela louça mais engordurada com água quente direto da torneira da pia da cozinha? Ou mesmo deixar as roupas para lá de limpas com uma lavagem a água quente? Uma maravilha, não acha? Ainda mais no inverno!

Com a instalação de um sistema de aquecimento de água movido a GLP, toda a sua residência é abastecida com água quente: a banheira, os chuveiros e as torneiras dos banheiros; e as torneiras da cozinha e da lavanderia. E o melhor de tudo: você tem banho quente, revitalizante e com alta vazão – como o de um hotel!

Outra grande vantagem do uso de GLP no aquecimento de água é que o sistema pode ser instalado tanto em casas quanto em apartamentos de qualquer região do Brasil, pois independe de tubulações subterrâneas – como no caso do Gás Natural.

E nada melhor do que poder contar com uma empresa como a Copagaz, que está presente há 63 anos no mercado e conta com uma rede de abastecimento e assistência técnica 24 horas, 365 dias, não acha?

Aquecimento na medida certa

Você já deve ter percebido que há vários tipos de aquecedores de água no mercado. Mas na hora de definir o seu projeto ou comprar um equipamento, vale buscar auxílio de um especialista para ponderar qual o mais indicado para a sua necessidade. Afinal, o correto dimensionamento do aquecedor está relacionado à quantidade de pontos que serão utilizados simultaneamente e não ao número total de usuários.

Mas vamos explicar as diferenças básicas entre os dois tipos de aquecedores de água mais comuns no mercado. Acompanhe:

Aquecedor de passagem

Como o próprio nome já diz, o sistema de aquecimento de passagem aquece a água de passa em uma serpentina. O aparelho é acionado quando um ponto de consumo é utilizado, enviando um comando ao painel que acenderá a chama e acionará a alimentação do GLP na câmara de combustão, localizada logo abaixo da serpentina. A água é então distribuída à rede hidráulica para ser consumida de forma imediata. É o tipo de aquecedor mais comum, discreto e de fácil instalação.

Aquecedor por acumulação

Já os aquecedores por acumulação, também conhecidos como boilers, contam com um reservatório cilíndrico onde a água fica armazenada e é aquecida por uma chama piloto, que acende para manter a temperatura do reservatório.

O aquecimento é regulado por um termostato, que identifica a variação de temperatura e aciona a queima do GLP para que a água permaneça sempre quente. Mas também há a opção de aumentar manualmente a chama antes da utilização do sistema para garantir que a água fique na temperatura desejada.

Esse sistema é o mais indicado quando houver vários pontos simultâneos de consumo.

Independentemente do tipo de aquecimento, é importante destacar que a eficiência calórica dos aquecedores a GLP é bem alta – e, portanto, não existe a necessidade de diminuir o fluxo de água para aumentar a temperatura do banho, como geralmente ocorre com os chuveiros elétricos. Isso faz com que a água saia sempre quente da ducha e com alta vazão, o que deixa o seu banho ainda mais confortável e relaxante.

GLP espanta o frio no inverno

Sistemas de calefação abastecidos a GLP têm se tornado uma solução econômica e eficiente em todo o Brasil – principalmente no inverno. Não é de hoje que, durante os meses mais frios do ano, a conta de energia elétrica aumenta muito nas residências, causando um forte desequilíbrio no orçamento familiar. Mas com o uso do GLP no aquecimento – tanto de água quanto de ambientes – a economia pode chegar a 40%.

Atualmente, existem diferentes equipamentos a GLP voltados para o aquecimento de ambientes no mercado, como as caldeiras murais, que possuem função dupla, fornecendo água quente para banho e torneiras e alimentando, via circuito fechado, o sistema de calefação, que pode ser do tipo radiador de parede, toalheiro ou piso radiante.

E se você ainda acha que lareiras a lenha são charmosas e indispensáveis para espantar o frio, chegou a hora de mudar de ideia. Afinal, já existem lareiras movidas a gás, uma opção muito mais prática, limpa e ecológica que aquece o ambiente sem criar fumaça ou sujeira.

Já para deixar ambientes mais amplos quentes e aconchegantes, a escolha perfeita é o “Pátio Heater” ou simplesmente “Chapéu de Calor a Gás”. O aparelho possui um sistema a gás que irradia calor de forma homogênea. O bacana do equipamento é que ele já é projetado para acomodar um botijão de gás de 13 quilos de gás em seu interior – uma fonte de calor que, além de charmosa, é segura, econômica, eficiente e de fácil manuseio.

Ao pensar em aquecimento eficiente, pense também em GLP, o combustível que sai na frente e acompanha você em qualquer lugar e em todos os momentos! E ao projetar a instalação de um sistema de calefação para a sua residência ou seu estabelecimento, conte sempre com um especialista na área. Ele desenhará o projeto da maneira correta e com a segurança que o sistema requer, principalmente em relação ao sistema de exaustão!

E você? Já está preparado para se aquecer neste inverno? Siga a Copagaz no Facebook e fique sempre por dentro de dicas e novidades do mundo do GLP! É gás? Copagaz!