Blog Copagaz
24 de janeiro de 2018
Categoria:
Comentários (2)

Conquistas e memórias dentro da Copagaz

Doze anos dentro da Copagaz proporcionaram uma série de conquistas à Célia Duarte Oliveira, coordenadora de Cargos e Salários no Departamento de Recursos Humanos. Oportunidade de estudo, expansão do conhecimento, desenvolvimento profissional e crescimento pessoal são algumas delas. Mas dois fatos surpreendentes marcaram a sua história dentro da companhia e ficarão registrados para sempre em suas memórias.

O primeiro, em 2009, foi inesperado e a tomou de surpresa. Célia estava à procura de um carro para levá-la até a igreja no tão sonhado dia do casamento. “Comentei pouquíssimo sobre isso dentro da Copagaz e não faço ideia de como o fato chegou ao conhecimento do senhor Ueze Zahran, o presidente da empresa”, conta a coordenadora. “Só sei que ele concedeu o próprio automóvel, um Mercedes, com motorista, para me levar à igreja”, revela. “Fiquei consternada e extremamente feliz.”

Para Célia, perceber que o presidente da Copagaz se comoveu e se mobilizou para auxiliá-la em um dia tão importante da sua vida foi um marco. “Realmente foi uma surpresa. Isso demonstrou a simplicidade do senhor Zahran e como ele zela pelo bem dos funcionários”, destaca a coordenadora.

Outra circunstância memorável aconteceu em 2016. Na verdade, foi um processo. Célia teve complicações no final da gravidez e precisou se ausentar da empresa dois meses antes do previsto. “Acabei ficando seis meses fora. Sai em março e voltei apenas em setembro”, diz. Apesar do receio de ficar tanto tempo afastada do trabalho, Célia observa que o retorno à empresa foi tranquilo. “Graças a Deus a empresa foi compreensiva e deu tudo certo.”

Além disso, o regresso ao setor de Recursos Humanos rendeu outra surpresa à Célia. “Quando voltei, vi que minha equipe tinha conduzido todas as atividades tranquilamente e, desse modo, constatei o crescimento profissional das meninas enquanto estive fora”, revela. “Fiquei muito feliz. Foi um sentimento de dever cumprido”, salienta.

Para a coordenadora de Cargos e Salários, o desenvolvimento pessoal e profissional é algo extremamente importante na vida de qualquer pessoa. E ela diz isso por experiência própria. “Quando entrei na Copagaz em dezembro de 2005, eu era muito nova e bastante tímida”, lembra. Segundo ela, o seu crescimento dentro da companhia foi muito bacana, mas não rápido, o que acabou sendo bom, pois deu a oportunidade de conhecer várias áreas e pessoas.

“Hoje, olho minha caminhada dentro da Copagaz e percebo a evolução na responsabilidade, na postura, no conhecimento e na relação com as outras pessoas. Acredito que o que se aprende precisa ser compartilhado. E esse aprendizado eu vou levar para a vida”, finaliza.


Comentários
  1. ELENICE SOARES RODRIGUES disse:

    Linda Matéria,

    Parabéns Célia!

  2. mirian le disse:

    Depoimento que nos faz olhar para o futuro e acreditar que realmente trabalhamos em uma empresa família . Parabéns Célia.