Blog Copagaz
13 de maio de 2019
Categoria:
Comentários (0)

Como usar o GLP no combate às pragas e ervas daninhas das plantações

Já vimos aqui e aqui como o gás GLP (gás liquefeito de petróleo) é versátil, inclusive no campo. Na verdade, esse gás tem promovido uma verdadeira revolução no agronegócio, já que pode atuar em muitas frentes, como na secagem e limpeza de grãos, na irrigação de plantações e, também no  controle de pragas e queima de ervas daninhas, preservando a cultura. Essa última função te parece um tanto surpreendente? Pois veja aqui como usar o GLP no combate às pragas e ervas daninhas das plantações.

Como o GLP preserva a plantação?

O GLP é, hoje, bastante usado na queima de pragas em plantações, já que o gás vem se mostrando mais eficaz que agrotóxicos e pesticidas (que podem prejudicar, e muito, a qualidade dos solos, a condição salutar dos alimentos e as águas subterrâneas).

Tal procedimento é feito com um maquinário específico abastecido com o gás — a aparelhagem pode ser usada de forma manual ou, ainda, ser acoplada a um trator antidaninha. Nessa técnica, o agricultor direciona a chama perto das folhas das ervas daninhas ou de seus talos; o fogo esquenta a água que fica nas células das plantas, que estouram e fazem a erva/praga secar e desaparecer, sem danos aos espécimes ali plantados. Liberado em alta velocidade, o ar quente também elimina insetos, fungos, bactérias, larvas e ovos das plantas. Tal processo tornou-se mais eficiente com os recentes avanços tecnológicos do campo. Com o GLP, dar fim às pragas ficou mais rápido e econômico.

Como o gás é uma fonte limpa de energia, os agricultores podem voltar a trabalhar na terra imediatamente após a pulverização do GLP — quando são aplicados agrotóxicos e herbicidas isso não é possível, já que os produtos podem causar graves danos à saúde dos trabalhadores.

Muito interessante essa aplicação, não é mesmo? Você já tinha ouvido falar que o GLP no combate às pragas e ervas daninhas é um substituto mais eficiente e muito mais limpo que herbicidas? Conte para gente o que achou.