Gás de apartamento: sistema de gás nos condomínios | Copagaz
Blog Copagaz
26 de março de 2021
Comentários (0)

Gás de apartamento: como funciona o sistema de gás nos condomínios?

Gás de apartamento

O gás de apartamento GLP abastecido a partir de uma central traz diversas facilidades e muito mais economia para os moradores de um condomínio. Quando instalado, o abastecimento dos cilindros P45 ou P90 é feito de forma periódica, para garantir o fornecimento de gás 24 horas, sete dias por semana. 

Saiba mais sobre os usos e vantagens que optar por gás de apartamento GLP pode trazer para seu condomínio:

Usos para o gás de apartamento

O gás para condomínio pode ser utilizado para: 

  • Aquecer a água do chuveiro; 
  • Cozinhar com fogões ou fornos a gás;
  • Aquecer ou resfriar ambientes internos e externos; 
  • Acender a churrasqueira, caso tenha sistema a gás;
  • Usar máquinas de lavar louça a gás;
  • Utilizar secadoras de roupa a gás. 

GLP para condomínio: qual é a vantagem? 

  • Mais segurança, pois dispensa o armazenamento de um botijão de gás 13 kg (ou inferior) em cada apartamento;
  • Mais conveniência, visto que os moradores não precisam se preocupar com a compra periódica de botijões;
  • O GLP é um gás com alto rendimento e baixo custo, ou seja, dá para fazer mais, gastando menos;
  • O custo pode ser dividido tanto em conta individual quanto em conta única (coletiva), conforme for combinado com os moradores do condomínio. 

O que é necessário para instalar gás de apartamento (GLP)

O processo de instalação de gás de apartamento deve ser baseado em um projeto feito por profissionais da área para promover o máximo de segurança. No geral, empresas fornecedoras de gás são responsáveis por essa etapa e indicam um profissional responsável, que irá avaliar a planta, o espaço, a demanda, dentre outros fatores importantes.

É importante observar que, conforme as orientações da Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT) e do Corpo de Bombeiros Estadual, a instalação dos botijões deve ser feita em áreas externas, onde há maior circulação de ar. Instalações subterrâneas ou em salas fechadas são proibidas pois, no caso de vazamento, aconteceria o acúmulo de GLP no ambiente.  

Responsabilidade sobre a tubulação de gás no condomínio

A responsabilidade de garantir que os cuidados necessários na tubulação e nas instalações de gás de apartamento estão sendo feitos é essencialmente do condomínio. Este deve entrar em contato com a empresa responsável pelo abastecimento para garantir a manutenção e a segurança dos moradores ao menor sinal de vazamento. 

A empresa responsável, por sua vez, deve realizar visitas periódicas e oferecer o suporte de profissionais qualificados para resolver possíveis vazamentos sempre que necessário. 

A Copagaz oferece suporte em cada etapa, desde o projeto até o abastecimento periódico. Além disso, no caso de um possível vazamento, dentre outros problemas no fornecimento de gás, é possível acionar o suporte para fazer uma avaliação adequada e o conserto, caso necessário.

Gás de condomínio: é GLP, é Copagaz

Para saber mais sobre gás de apartamento, o que é GLP e quais vantagens ele pode trazer para o seu condomínio, entre em contato pelo número 0800 707 2672 e aproveite para aprimorar a vida dos moradores com uma alternativa eficiente para suas rotinas.